Alunos de Joane ganham competição de robótica

26/04/2008 20:36

 

Alunos de Joane ganham competição de robótica

DIREITOS RESERVADOS
João Francisco, Rui Abreu e Rui Barbosa, a equipa vencedora
"Claro que nos deu gozo ganhar, ainda mais que estavam a concorrer alunos universitários", atira João Francisco, de forma despachada, quando questionado sobre a sensação de ganhar a Roboparty, que se realizou em Guimarães. A ele juntaram-se Rui Barbosa e Rui Abreu, todos a frequentar o 8.º ano da Escola Bernardino Machado, em Joane.

A iniciativa, que juntou mais de uma centena de equipas, teve como objectivo desenvolver um trabalho de robótica em três partes montagem da parte mecânica, montagem do circuito electrónico e programação do robô. Depois, os alunos tiveram de superar provas de obstáculos, as quais a equipa conseguiu, em pouco tempo, percorrer sem colidir com os obstáculos. Mas o robô faz outras habilidades e também dança.

O grupo nunca tinha estado em contacto com a área de robótica, pelo que, durante três dias, teve formação e realizou a prova. "O que eu gostei mais foi da programação", revela João Francisco, explicando que são necessários vários testes "até acertar com tudo", seja velocidade, seja tempo exacto para detectar os obstáculos.

"No início, pensámos que era mais difícil, mas depois começámos a aprender e já nos pareceu mais fácil", nota Rui Abreu enquanto demonstra o seu gosto por robótica.

Os três rapazes participaram na iniciativa acompanhados pela professora Cláudia Neves, que nunca pensou que conquistassem o primeiro lugar, já que era a primeira vez que tinham contacto com aquela área.

"Para eles, era mais uma experiência enriquecedora e nunca me passou pela cabeça que conquistassem o primeiro lugar", explicou a docente, frisando que participaram universitários e alunos de escolas profissionais ligados à área.

Para a professora, a equipa da Bernardino Machado foi "incansável", atendendo ao empenho que colocaram na tarefa.

"Se tinham dúvidas, perguntavam às outras equipas para tentar fazer sempre da melhor forma e trabalhar com espírito de equipa", adiantou.

Depois desta experiência, os três estudantes dizem que querem concorrer no próximo ano.



Alexandra Lopes

—————

Back